SOBRE

Coreógrafo

CESAR DIAS iniciou seus estudos em dança com a professora de Jazz, Cheila Fusco, por meio desse estilo de dança que Cesar Dias se apaixonou e se entregou a dança há 20 anos. Esse primeiro contato e envolvimento com Jazz durou cerca de um ano, após essa temporada veio o encontro com o Ballet Clássico, pela professora Ercília Fukushigue que durou dois anos.

Em seguida conheceu e começou a trabalhar com o diretor e coreógrafo contemporâneo IVALDO BERTAZZO, no projeto Dança Comunidade, com parceira com o SESC São Paulo de 2003 a 2005, primeiro momento chave em sua carreira pela confluência de etnias – Indiana e Africana -  que Ivaldo sempre proporciona em suas composições coreográficas, em sequência Cesar, integrou na Cia. Teatro Dança Ivaldo Bertazzo onde permaneceu de 2006 a 2007, retornando em 2010, onde ficou até 2011, ano que a companhia encerrou suas atividades.

Em 2008, percorreu a Ásia pelo período de um ano, passando por Hong Kong, China, Vietnam, Japão e Taiwan. Em 2009, foi a temporada de mais um ano, entre E.U.A e Bahamas. Período crucial para Cesar, pelo contato com tantas e diferentes culturas.

Em 2012, viajou para Veneza, para uma imersão intensiva em dança contemporânea no programa ARSENALE DELLA DANZA, dirigido e concebido por ISMAEL IVO, em parceria do SESC São Paulo, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e a La Biennale di Venezia. Segundo momento imprescindível em sua carreira, onde teve influência e contato direto com grandes nomes da dança contemporânea mundial, sendo eles; FRANCESCA HARPER (EUA), TERENCE LEWIS (Índia), MARIA THAÍS/ WELLINGTON CAMPOS (Brasil), JOZEF FRUCEK (Eslováquia), LINDA KAPETANEA (Grécia), KO MUROBUSHI (Japão), ADRIANA BORRIELLO/ ANTONELLA TALAMONTI (Itália) e PICHET KLUNCHUN (Tailândia).

Após a pujante experiência em Veneza, ao retornar para o Brasil no mesmo ano, em seguimento Cesar, integra a Cisne Negro Cia. de Dança em agosto, de 2012, sob a direção artística de HULDA e DANY BITTENCOURT, onde permanece até o momento. Nesses quase oito anos na companhia, Cesar destaca os principais coreógrafos das obras que já dançou, são eles; MÁRIO NASCIMENTO, RUI MOREIRA, DANY BITTENCOURT, TÍNDARO SILVANO, ANA CATARINA VIEIRA (Brasil), PATRICK DELCROIX (França), ITZIK GALILI (Israel), BARAK MARSHALL (Los Angeles), GIGI CACIULEANU (Romênia),VASCO WELLENKAMP (Portugal).

Em 2017, Cesar é dirigido pelo diretor libanês (radicado no Brasil) JORGE TAKLA, no espetáculo de comemoração dos 40 anos da Cisne Negro Cia. de Dança e, em 2018 volta a ser dirigido por TAKLA na Ópera “La Traviata” de Giuseppe Verdi.

Assistente de coreografia

Fotos: Tomas Kolisch | Divulgação

Ana Paula Trevisan teve seu primeiro contato com a dança aos 3 anos quando iniciou seus estudos de Ballet Clássico em Jundiaí, sua cidade natal, na Academia Stage. Anos depois, mudou-se para São Paulo a fim de aprofundar e lapidar seus conhecimentos na área da dança ingressou no Estúdio de Ballet Cisne Negro, onde se fornou pelo método da Royal Academy of Dance.

Durante seus anos de estudo participou de diversos festivais como Youth America Grand Prix e Festival de Dança de Joinville e cursos de aperfeiçoamento profissional de Ballet Clássico e Contemporâneo em Londres, no English National Ballet School.

Em 2011 passou a integrar a Cisne Negro cia de Dança, onde trabalhou com diversos coreógrafos e professores como Rui Moreira, Mário Nascimento, Danny Bittencourt, Tindaro Silvano, Daniela Severian, Roberto Amorim, Osnat Kelner, Monica Kodato e Lea Havas.

 

Fotos: Jeronimo Gomes

© 2015 - 2020 Todos os direitos reservados a Cesar Dias. Desenvolvido pela Agência Octa.

  • instagram _edited
  • Facebook ícone social
  • Instagram