Buscar
  • Cesar Dias

Resenha: Ohad Naharin "Gaga – Amor Pela Dança"


foto: vojta brtnický - Ohad Naharin

O documentário de Tomer Heymann trata-se de uma imersão na história de um dos nomes mais conceituados na dança contemporânea, o coreógrafo e diretor artístico da Batsheva Dance Company sediada em Israel, Ohad Naharin.

“Gaga – Amor Pela Dança” fala sobre os caminhos pelo qual o coreógrafo triou ao longo de sua vida. Um mergulho profundo na carreira do artista que mostra a forma que o Mr. Gaga, realiza processos coreográficos e enxerga a dança, além da sua deslumbrante história de vida.

Lançado na última quinta-feira (06) no circuito cultural o documentário é uma referência a linguagem corporal relacionada a evolução pessoal que Ohad Naharin desenvolveu. Para o coreógrafo, todos os corpos são importantes em suas singularidades, todos dançam o que está/e o que vem de dentro. Mr. Gaga, enxerga não só em seus bailarinos, mas em todos a potencialidade individual embutida em cada um de nós.

foto: Divulgação - retirado da internet

A incrível jornada de Naharin — ocorreu pelo seu início tardio na dança, aos 22 anos, que para o coreógrafo foi o mais benéfico em sua carreira, pois não se enrijeceu precocemente com as técnicas e doutrinas da dança, mantendo assim seu lado animal e genuíno, que posteriormente foi incorporado a técnicas e experiências. Um bailarino tardio e desfavorável com as experiências e técnicas que não o traduziam, Ohad almejava a sensibilidade e a tradução do que gostaria de sentir e dizer em sua dança.

Em suas inúmeras tentativas Naharin, procurava algo além do que os grandes nomes da dança na época podiam oferecer, como a permanência taciturna na companhia de Martha Graham (1894 – 1991) e Maurice Béjart (1927 – 2007), essas duas grandes experiências para Ohad, foi a constatação para importância de sua busca interna que posteriormente culminou na criação de sua expressão artística - Gaga.

foto: Julieta Cervantes - Last Work (2005) Batsheva Dance Company

Ao assistir o documentário fica claro a necessidade que Ohad tinha de expressar o que sentia e a forma como entendia a dança em sua forma genuína, não a plasticidade que o mercado cultural exige. A dança para o coreógrafo, transporta e eleva o praticante, ela une e traduz sentimos, ela cura. Sim, a dança para Naharin cura, não só o corpo, mas a alma e o espírito igualmente.

Entretanto, a pergunta feita aqui é, como transitar entre a plasticidade instaurada pelas companhias de dança (filtrando no Brasil) e a necessidade do bailarino de expressar sua individualidade estando em uma companhia? Como lidar entre ser executor e/ou um possível criador? A resposta pode ser fácil, o bailarino desligar-se da companhia e traça seu caminho na individualidade desejada. Mas será que realmente é preciso desligar-se da companhia?

foto: Gadi Dagon - Naharin's Virus (2001) Batsheva Dance Company

Em um momento onde todos querem ser ouvidos, em uma sociedade que deu vazão as vozes que antes eram ignoradas, hoje, as mesmas caladas querem ser consideradas. Existem companhias que já possibilitam espaço onde bailarinos possam coreografar e expressar suas questões, não se trata a uma oposição a ser apenas um executor, mas sim da oportunidade de ser um executor e um criador. O artista precisa constantemente ser instigado, o desenvolvimento artístico tem inúmeros caminhos e um deles pode ser a combinação da execução e criação.

Ohad Naharin, no documentário Gaga- Amor Pela Dança, enfrentou inúmeras situações até conseguir criar sua linguagem, acreditou (acredita) que a dança vai além de um simples amontado de gestos decodificados ou não, dança antes de tudo é uma forma de liberdade de expressão. E realmente em sua maior compreensão, é o amor a dança, a dança que move a coragem de falar sobre o que nos sensibiliza.

#CesarDias #Dança #Dance #OhadNaharin #GagaAmorpelaDança #Contemporâneo #BatshevaDanceCompany #Documentário

199 visualizações

© 2015 - 2020 Todos os direitos reservados a Cesar Dias. Desenvolvido pela Agência Octa.

  • instagram _edited
  • Facebook ícone social
  • Instagram