Buscar
  • Cesar Dias

Entrevista - Cássia Navas


Um histórico invejável em conhecimento cientifico que nele contém; mestrado, doutorado em dança e semiótica, pós-dourado em artes e especialista em política e gestão cultural. Cássia Navas que é essa figura emblemática para dança - com toda essa ciência - obviamente só tem a agregar significativamente para área cultural, especialmente à dança.

A pesquisadora atenciosamente aceitou o convite para falar um pouco sobre espaços para criações de bailarinos e o “metamorfismo” a identificação de criadores emergente.

Você acha necessário criar espaços onde bailarinos possam criar suas próprias coreografias? 

Espaços de criação são fundamentais para dar início à trajetória de criação, onde bailarinos que querem coreografar possam testar hipóteses de trabalho, sobretudo com grupos. 

Para uma companhia de dança é viável incentivar bailarinos que queiram coreografar? Por quê?

Em princípio sempre, mas vai depender da proposta de cada companhia, em cada momento de sua trajetória. Uma companhia é um celeiro de arte e, se possível, poderá ser um local para se incentivar talentos de muitos tipos.

Quando você assiste uma obra criada por um bailarino, você sente que é dada a ela menos atenção ou acha que são tratadas igualmente de coreógrafos já conhecidos? 

Geralmente os coreógrafos já dançaram, então já foram bailarinos. Acredito que a atenção esteja mais ligada à etapa da trajetória artística de cada um do que ao fato de um criador estar ainda dançando ou não. Existem várias possibilidades e a atenção não vem somente do talento que cada um apresenta, mas de sua vocação - de fazer, experimentar, errar muitas vezes - e das oportunidades.

Estar num palco, para qualquer coreógrafo, é uma oportunidade de ter atenção, mas também de experimentar o que se tem naquele momento. Tudo é trabalho, a partir de ideias que muitas vezes veem de outras experiências de ser coreografado. Neste caso, às vezes identificamos traços de outros criadores na escrita coreográfica de jovens coreógrafos, um debate grande dentro da discussão de identidade e autoria. - Doutora Cássia Navas, exclusivamente para este site.

Cássia Navas como todo esse conhecimento, compartilha gentilmente os valiosos saberes que possui para contribuir substancialmente para nossa arte e cultura. A pesquisadora transita por vários cominhos para proporcionar a difusão de informações que vão desde pesquisas, palestras, cursos, plataformas e workshop sobre diferentes níveis que permeiam a dança, educação e cultura.

Confira mais sobre trabalho e trajetória da pesquisadora, clique aqui.

Foto:João Arciere

#Dança #CássiaNavas #Personalidades #Dance #Contemporâneo #Cultura #CesarDias

60 visualizações

© 2015 - 2020 Todos os direitos reservados a Cesar Dias. Desenvolvido pela Agência Octa.

  • instagram _edited
  • Facebook ícone social
  • Instagram