Projeto KIWA

Corporis - 2019

Release:

Corporis é a resinificação do movimento contido que em determinados momentos extrapola a energia reprimida seguindo para explosão visceral.

Três corpos distintos que pairam sobre as incertezas da busca pelo horizonte que furtivamente é inalcançado. Identicamente, é a vivacidade das corpulências desgastadas e esquecida que almejam serem conectadas ao entorno. 

Igualmente, é a oscilação entre o lânguido e o preciso que quase ritualístico encara o próximo em caçada da empatia do outro por sua extensão de sobrevivência.

Corporis é o ontem esquecido, o hoje negligenciado e o futuro nebuloso. A insanidade aproximada que acalenta a ambientação do agora.

Coreógrafo

Cesar Dias

 

Assistente 

Ana Paula Trevisan

Música

The Beast is on move, Last Rites - de West Dylan Thordson

e Sorrow I - de Colin Stetson 

Duração: 11:29

 

 

Direção de ensaio

 Cesar Dias

Figurino

Cesar Dias

Fotos

Acervo Pessoal

Chain - 2017

Release:

Como lidamos como a falsa sensação de liberdade?  Talvez com prazer, tristeza ou aceitação. A liberdade é existente ou uma tentativa pífia de uma autoafirmação? 

 

Chain é a liberdade que nos assiste 24 horas por dia, é sensação errônea da autonomia quando na verdade estamos presos em nós, no outro, nos grupos e sociedade. 

 

É a ilusão do livre arbítrio controlado, na espreita por nos relembrar o fato de que não podemos fugir ou fingir. É a inércia obscura das correntes emaranhadas na nossa mente e alma. 

Coreógrafo

Cesar Dias

 

Assistente 

Ana Paula Trevisan

Música

The Cycle - de Jerermy Zuckerman

Duração: 03:21

 

 

Direção de ensaio

 Cesar Dias

Figurino

Cesar Dias

Fotos

Acervo Pessoal

SombraMá - 2017

Release:

"Vai pela sombra" normalmente é usado para confortar alguém querido que se vai em uma despedida casual ou até eterna, mas quem garante que ir pela sombra é sinônimo de segurança? 

 

SombraMá questiona justamente os perigos da manipulação da mente quando estamos/andamos sozinhos. Será que nossos medos nos manipulam? Talvez sim, porém a questão é de qual forma e em qual grau. 

 

Nunca estaremos libertos quando nossa mente se torna o cárcere mais intangível. 

Coreógrafo

Cesar Dias

 

Assistente 

Ana Paula Trevisan

Música

Morgan (Main Title) - de Max Richter

Duração: 03:20

Direção de ensaio

 Cesar Dias

 

Figurino

Ana Paula Trevisan e Syllas Marinho

 

Fotos

Acervo Pessoal

© 2015 - 2020 Todos os direitos reservados a Cesar Dias. Desenvolvido pela Agência Octa.

  • instagram _edited
  • Facebook ícone social
  • Instagram